Número total de visualizações de página

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016


NOVIDADES!!!





Partilhamos as opiniões daqueles que "viveram"momentos de saber e conhecimento inesquecíveis...

Durante os dias 4 e 5 de fevereiro vivi experiências incríveis.
Visitei lugares com paisagens maravilhosas e que vou recordar. Ana Martins

Esta viagem foi bastante engraçada e muito boa, podemos aprender muitas coisas sobre a História de Portugal. Bernardo Sequeira
                                         
A viagem foi boa e muito interessante. Beatriz Custódio
                                      
Foi uma viagem muito interessante, visitamos sítios fixes como o Bom Jesus de Braga, centro de ciência viva de Guimarães. Etc… Rafael Colaço
                                                            
Adorei as paisagens, eram lindas. Rute Albino                              

Achei a viagem divertida e interessante. Micaela Oliveira
                                          
A viagem foi muito divertida, conhecemos muitas coisas diferentes. Beatriz Pereira
                                                                                              
O que gostei mais foi a noite na pousada, da ida ao Shopping, do convívio, de rir com os meus amigos. Foi divertido e espero que para o ano haja mais visitas como esta, ou melhor ainda. Dalila Segundo
                                              
Na visita da disciplina de EMRC, o que eu mais gostei foi ir ao Castelo de Guimarães e ao Centro de Ciência Viva de Guimarães e subir no funicular ao Bom Jesus do Monte de Braga. Na Pousada, a vista do nosso quarto era linda. Cátia Josué
    

Gostava de repetir uma viagem como esta. Cíntia Leonor

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016



Tal como os nossos colegas, estamos conscientes da importância das visitas de estudo na formação integral dos nossos alunos e, por isso, lá fomos nós...outra vez!!!



Guião de Acompanhamento à visita de estudo
(disponível para impressão)

O grupo no Santuário do Sameiro  (Braga)

 Subida no funicular do Bom Jesus do Monte (Braga)

 Museu/Palácio dos Biscainhos (Braga)

Sé de Braga

 Visita ao Paço dos Duques em Guimarães

 Visita ao Castelo de Guimarães
 Ateliês no Centro de Ciência Viva de Guimarães 





Refletindo sobre...
Visita de estudo é uma das estratégias que mais estimula os alunos, dado o caráter motivador que constitui a saída do espaço escolar. A componente lúdica que envolve, bem como a relação professor-alunos que propicia, leva a que estes se empenhem na sua realização. Contudo, a visita de estudo é mais do que um passeio. Constitui uma situação de aprendizagem que favorece a aquisição de conhecimentos, proporciona o desenvolvimento de técnicas de trabalho e facilita a sociabilidade.
Um dos objetivos das novas metodologias de ensino-aprendizagem é, precisamente, promover a interligação entre teoria e prática, a escola e a realidade. A visita de estudo é um dos meios mais utilizados pelos professores para atingir este objetivo, ao nível das disciplinas que lecionam. Daí que seja uma prática muito utilizada como complemento para os conhecimentos previstos nos conteúdos programáticos que assim se tornam mais significativos.
As visitas de estudo têm, progressivamente, acentuado o seu caráter interdisciplinar: as deslocações dos alunos surgem articulando conhecimentos e conteúdos das várias disciplinas e são organizadas por estes professores. Uma mesma realidade é suscetível de ser abordada em diferentes perspetivas, tornando-se mais fácil para os alunos compreender, no concreto, que os conhecimentos não são compartimentados.
Por outro lado, visitas globalizantes - no decurso das quais se reconhecem aspetos geográficos, históricos, artísticos, económicos, literários… - favorecem a compreensão do caráter total da realidade. Estas experiências, que implicam a coordenação do trabalho entre os professores, tornam mais fácil a abordagem transversal dos diferentes conteúdos programáticos.
Assim, a visita de estudo tem múltiplas potencialidades pedagógicas e formativas; de entre elas destacam-se as que decorrem da relação de proximidade entre professores e alunos. Num outro registo, num outro contexto de trabalho, o clima interpessoal melhora. E, muitas vezes, mais importante que os conhecimentos que se adquirem, são as descobertas mútuas que se proporcionam.”

Adaptação do texto “As visitas de Estudo” 

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016




FEVEREIRO @LERTA

Vive em Segur@nç@!



Consulte

Dia Escolar da não Violência e da Paz

Paulo Freire (biografia)

... e porque a paz é o triunfo da vida; quando falamos de paz falamos de justiça, de solidariedade para com o outro que necessita, falamos de amor, de tolerância, de um espaço (a escola) onde tudo pode ser possível e onde se pode construir um mundo melhor.

Ora veja:


Ateliês











Interpretação do Hino à Paz













Lançamento de balões com mensagens









 Oferta de marcadores