Número total de visualizações de página

quinta-feira, 28 de maio de 2020


As Bibliotecas Escolares desejam a todas as crianças um dia recheado de alegria, polvilhado, se possível, com os pozinhos mágicos de um bom livrinho!



BOAS LEITURAS!
EM QUALQUER FORMATO!






A Declaração Universal dos Direitos das Crianças
  1. Todas as crianças têm o direito à vida e à liberdade.
  2. Todas as crianças devem ser protegidas da violência doméstica.
  3. Todas as crianças são iguais e têm os mesmos direitos, não importa a sua cor, sexo, religião, origem social ou nacionalidade.
  4. Todas as crianças devem ser protegidas pela família e pela sociedade.
  5. Todas as crianças têm direito a um nome e nacionalidade.
  6. Todas as crianças têm direito a alimentação e ao atendimento médico.
  7. As crianças portadoras de dificuldades especiais, físicas ou mentais, têm o direito a educação e cuidados especiais.
  8. Todas as crianças têm direito ao amor e à compreensão dos pais e da sociedade.
  9. Todas as crianças têm direito à educação.
  10. Todas as crianças têm direito de não serem violentadas verbalmente ou serem agredidas pela sociedade.


DIA FESTIVO!

                                                 Kamilla Stati

1 DE JUNHO

Em Portugal, o Dia Mundial da Criança celebra-se todos os anos a 1 de Junho.

Este Dia foi criado em 1950, alguns anos após o fim da II Guerra Mundial, para sensibilizar a comunidade internacional para os problemas que atingiam tantas crianças no mundo. Num panorama flagelado, em termos sociais e humanitários, a Federação Democrática Internacional das Mulheres e a ONU quiseram defender as crianças dessa destruição.

No entanto, ainda hoje estão por cumprir tantos dos princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança. A Unicef revelou que há 30 milhões de crianças em extrema dificuldade, nos países ditos desenvolvidos.

Este é um dia que fará todo o sentido lembrar enquanto existirem no mundo crianças a quem são negados os cuidados mais básicos – amor, saúde e segurança. Podemos mimar os nossos, sempre, ensinar-lhes quais os seus direitos, e consciencializar assim os adultos do futuro sobre a importância dos sentimentos, das boas ações e da ajuda ao próximo.

                              
         in pumpkin.pt



segunda-feira, 25 de maio de 2020



22 de maio
Dia do Autor Português



Neste dia todos os autores portugueses estão de parabéns!

Foi com o propósito de homenagear o autor português e destacar a sua importância no desenvolvimento da cultura e do bem-estar da comunidade que se criou esta data em 1982. Este dia assinala igualmente o aniversário da Sociedade Portuguesa de Autores.

Para celebrar a efeméride realizam-se várias atividades no país, com destaque para o encontro com os autores portugueses e as iniciativas de promoção e incentivo à leitura realizadas nas bibliotecas escolares.

Todos são convidados a recordar os grandes autores portugueses neste dia ou a conhecer novos autores, desde os talentos emergentes na cena nacional aos talentos mais anónimos!


in Calendarr 

Em jeito de homenagem a todos os autores portugueses (e porque LER é bom!), aqui fica este poema: 



quinta-feira, 21 de maio de 2020


O dia visa alertar a população para a necessidade e importância da conservação da diversidade biológica.

Este Dia Internacional da Biodiversidade foi proclamado pelas Nações Unidas a 22 de maio porque foi nesta data (22 de maio de 1992) que se adotou o texto final da Convenção da Diversidade Biológica.

Todos os anos o Dia Internacional da Biodiversidade celebra-se à volta de um tema. O tema de 2020 é "Nossas soluções estão na natureza".
“A biodiversidade, seja uma espécie ou todo um ecossistema, é vital para a saúde e o bem-estar dos seres humanos. A qualidade da água que bebemos, os alimentos que consumimos e o ar que respiramos dependem da boa saúde da natureza.”
(https://unric.org/pt)

Necessitamos de ecossistemas saudáveis! 

Os ecossistemas do mundo enfrentam ameaças 

sem precedentes! 

Um relatório bastante assertivo da Plataforma Intergovernamental de Políticas Científicas sobre a Biodiversidade e os Serviços dos Ecossistemas revela que a natureza está a desparecer a um ritmo nunca visto na história da humanidade. Desde 1990, a Terra perdeu 28,7 milhões de hectares de florestas que ajudam a absorver as emissões nocivas de dióxido de carbono da atmosfera. Um milhão de espécies de plantas e animais estão em risco de extinção e mais de 90% da população de peixes marinhos estão em declínio ou são excessivamente explorados.
“Os impactos nas pessoas em todo o mundo serão graves. Segundo as previsões, as atuais tendências negativas da biodiversidade e dos ecossistemas minarão o progresso até 80% das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Nós simplesmente não podemos permitir que isso aconteça.” (https://unric.org/pt)

O Dia Internacional deste ano destaca o impacto da negligência ambiental na segurança alimentar e a saúde pública. O atual sistema alimentar do mundo está cada vez mais deteriorado. Milhares de milhões de pessoas não têm acesso a uma nutrição adequada. Aproximadamente um terço do que é produzido é perdido ou desperdiçado. A forma como crescemos, processamos, transportamos, consumimos e desperdiçamos alimentos é a principal causa da perda de biodiversidade, contribuindo, simultaneamente, para as alterações climáticas.

Precisamos agir rapidamente para reverter essas tendências e promover mudanças transformadoras. Existem soluções!

Ao interromper as práticas prejudiciais ao meio ambiente, ao diversificar os nossos sistemas alimentares e ao promover padrões mais sustentáveis de produção e consumo, podemos melhorar a saúde global, aumentar a segurança alimentar e fortalecer a resiliência às alterações climáticas.

A biodiversidade é a base da vida no planeta Terra e um dos pilares do desenvolvimento sustentável. A riqueza e variedade de vida tornam possível o “fornecimento de serviços” dos quais dependemos, como por exemplo a água potável que bebemos, o ar que respiramos, e o alimento, entre muitos outros.
20 de maio
DIA EUROPEU DO MAR

Sendo o nosso Agrupamento uma
não quisemos deixar de nos associar a esta comemoração.


20 de maio
DIA DA ABELHA
A Organização das Nações Unidas designou o dia 20 de maio como o Dia Mundial da Abelha, para reconhecer e celebrar a contribuição individual das abelhas no planeta e na sociedade.

A data coincide com o aniversário de Anton Jansa, pioneiro em técnicas modernas de apicultura que, no século XVIII, na Eslovénia, evidenciou a capacidade de trabalho das abelhas.

Atualmente, as espécies de abelha estão sob risco de extinção de 100 a mil vezes mais alto que o normal por causa do impacto humano.

Esta iniciativa, que teve início em 2018 e que tem por objetivo sensibilizar a população para o papel essencial das abelhas e dos outros polinizadores, na saúde humana e no planeta, bem como para os muitos desafios e ameaças que estas espécies têm de enfrentar.


O tema do ano 2020 é “Compromisso com as abelhas”, com especial realce na produção apícola e boas práticas adotadas pelos apicultores em todo o mundo para apoiar o seu meio de subsistência e oferecer produtos de alta qualidade.

A proteção da sanidade apícola também é assegurada pela DGAV através do Programa sanitário anual e o Plano Integrado de Controlo Oficial de Apiários (PICOA) que consiste na realização de controlos oficiais a apiários no território nacional continental com comunicação de resultados e recomendações aos apicultores.

Do ponto de vista de ameaças às abelhas e à apicultura, realçam-se as catástrofes naturais (incêndios) e o risco de introdução de novas doenças das abelhas.

Incêndios 
Como catástrofes naturais mais recentes, a ocorrência de incêndios em junho no verão e outono do ano passado apresentaram grande impacto a nível local, com perdas de milhares de colónias e sobretudo com perda de alimento para as colónias sobreviventes.

O Governo tomou então medidas de mitigação do efeito dos incêndios florestais no setor apícola, como a distribuição de várias toneladas de açúcar aos apicultores para alimentação das abelhas, através das organizações do setor.

Doenças das abelhas 
A varroose é uma doença endémica em Portugal (e na maior parte da Europa) e continua a ser o principal problema sanitário do efetivo apícola nacional.

A Comissão Europeia considera que o aparecimento das outras doenças das abelhas surge devido à fragilidade das colmeias causada pela varroose, pelo que é primordial o controlo desta doença.

No contexto de uma estratégia sanitária de acordo com os princípios estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde Animal, pela Comissão Europeia e pela legislação nacional, a DGAV elaborou o “Plano de luta contra a varroose” , com o objetivo de constituir uma ferramenta de apoio para os apicultores e as suas organizações na luta contra a varroose no território nacional.

O Plano apresenta recomendações específicas de medidas de cariz higieno-sanitário, com principal enfoque numa correta utilização de medicamentos para o tratamento da doença, estando atualmente autorizados pela DGAV um total de 14 medicamentos para tratamento.

Risco de novas doenças 
A presença em Itália desde 2014 de uma nova doença de abelhas, Aetinose por Aethina tumida, constitui uma ameaça para a apicultura nacional. As infestações provocadas por Aethina tumida são muito agressivas e incontroláveis levando muitas vezes à destruição das colónias e ao desaparecimento das abelhas. Até à data, Itália ainda não conseguiu controlar a presença desta doença no país, com milhares de colmeias já destruídas, pelo que está atualmente proibida a expedição de abelhas a partir das regiões afetadas de Itália.

As preocupações dos apicultores com a presença de Aethina tumida em Itália são amplamente partilhadas pela DGAV, que considera que a Comissão Europeia está a tomar as diligências possíveis para proteção do efetivo apícola dos restantes Estados Membros, através de medidas legislativas (decisões comunitárias) que determinam a proibição de certificação para exportação de abelhas de regiões afetadas de Itália, bem como em pedidos de reforço da vigilância de todas as entradas de abelhas, dentro da União Europeia e provenientes de Países Terceiros, de modo a evitar a disseminação da doença por outros Estados Membros.

Face a esta nova ameaça para a apicultura portuguesa, a DGAV tem mantido o estado de alerta através do reforço das medidas de vigilância face à possibilidade de entrada da doença no território nacional, e tem promovido a divulgação de informação sobre a doença e sobre as medidas de salvaguarda para evitar a sua introdução em Portugal.

Como ajudar: 
· Plantar diversidade de espécies nativas que floresçam em diferentes estações;
· Comprar mel natural de produtores locais;
· Adquirir produtos de fontes e produtores sustentáveis;
· Evitar pesticidas, herbicidas e outros produtos nocivos em nosso jardim;
· Proteger as colónias de abelhas; sempre que possível adotar uma criação;
· Conservar uma fonte de água para as abelhas ao deixar uma bacia com água do lado de fora;
· Ajudar os ecossistemas florestais;
· Aumentar a conscientização sobre o compartilhamento de informações entre nossas comunidades e redes.


A redução das abelhas afeta todos!

LITERACIA CIENTÍFICA
Contributo na construção de um planeta mais sustentável
Sensibilizando para a preservação do planeta,
não deixando esquecer dias importantes


Eu e os Outros
Divulgação do Programa SICAD
"importante ferramenta, podendo servir de base a uma sessão de jogo em família, a uma aula, ou outras atividades emanadas da sociedade civil..."

terça-feira, 12 de maio de 2020






HOMENAGEM À FAMÍLIA

CANTANDO...CANTANDO...
CANTANDO!!!
A minha família!

A família é o meu maior tesouro!

Divirtam-se!
FELIZ DIA DA FAMÍLIA!


HOMENAGEM À FAMÍLIA
+ LEITURAS PARTILHADAS

E ainda...aceda(e) a 
PNL2027

Explora com a tua família 
todas as criativas sugestões!

BOAS LEITURAS!!!!!




HOMENAGEM À FAMÍLIA
LEITURAS PARTILHADAS

 Vídeo 1






A coleção “Contos com valores” pretende não só promover a aquisição de valores e comportamentos cívicos pelos mais novos, mas também fomentar a sua criatividade, aumentar a compreensão do texto escrito e criar hábitos de leitura, ao mesmo tempo que se desenvolvem e consolidam vínculos familiares.
É com a família e as relações que estabelece com os seus membros que a criança aprende os valores que moldam o seu carácter e a sua atitude para com os outros. Sempre em tom positivo e com sentido de humor, estes contos falam do amor incondicional, da cumplicidade entre irmãos, das normas de convivência, do respeito pelos mais velhos, mostrando que pertencer a uma família é muito bom.
in Fnac.pt



                                                                                        
Como é a tua família? Vives com a tua mãe? Ou com o teu pai? Ou com os dois? Talvez tenhas uma madrasta ou um padrasto e vários novos irmãos. Ou talvez sejas adoptado, ou vivas com os teus avós. Este livro esclarece a criança, de forma lúdica e instrutiva, sobre os diferentes tipos de famílias.
 in Fnac.pt








Existem por aí umas famílias realmente peculiares… A algumas falta-lhes um bocado de sal e a outras sobra-lhes pimenta.
Se acham que a vossa família é um pouco destrambelhada, venham conhecer as doze retratadas neste livro.
                                                                in Fnac.pt



HOMENAGEM À
15 de maio
DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA 
A data foi escolhida pela Assembleia Geral da ONU, que proclamou o dia 15 de maio como o Dia Internacional da Família.
A celebração do Dia Internacional da Família visaentre outros objetivos, destacar:
  • a importância da família na estrutura do núcleo familiar e o seu relevo na base da educação infantil;
  • reforçar a mensagem de união, amor, respeito e compreensão necessárias para o bom relacionamento de todos os elementos que compõem a família;
  • chamar a atenção da população para a importância da família como núcleo vital da sociedade e para seus direitos e responsabilidades;
  • sensibilizar e promover o conhecimento relacionado com as questões sociais, económicas e demográficas que afetam a família.
O primeiro Dia Internacional da Família foi celebrado em 1994.
in calendarr.com
Saiba mais em 

quinta-feira, 7 de maio de 2020

FIM DE SEMANA À VISTA!
Bom descanso e boas LEITURAS!








LITERACIA CIENTÍFICA

"O que me dizem, esqueço;
O que me explicam, entendo;
O que faço, aprendo!"
                                                                        Confúcio





VAMOS BRINCAR AOS CIENTISTAS:

As ciências e a experimentação são inseparáveis. Utilizando materiais do dia-a-dia podemos realizar experiências simples, na nossa casa.
Atenção! Todas as experiências devem respeitar as regras de segurança que seguimos no laboratório.


EXPERIÊNCIAS PARA FAZER EM CASA
Guiões Tutoriais

1-    Areias movediças: 
Como funcionam as areias movediças?

       MATERIAL
·         Um recipiente de vidro
·         1 caixa de amido de milho
·         2 copos de água
·         1 bandeja
·         Algumas folhas de jornal

PASSO A PASSO
  •      Primeiro forra com as folhas de jornal todo o espaço utilizado para fazer a experiência.
  •     Depois coloca o amido de milho num recipiente de vidro e completa com dois copos cheios de água.
  •      Mistura tudo por mais ou menos 5 minutos, até que a massa fique uniforme
  •      Depois observa o que vai acontecer.
  •      Toca na massa e sente as mãos “afundando”


EXPLICAÇÃO
Na maior parte dos líquidos e dos gases a viscosidade é independente da pressão a que são sujeitos.
A água, por exemplo, apesar da pressão não fica mais viscosa.
      Mas há fluidos que ficam mais viscosos com a pressão, que é o caso desta mistura


2-    Como fazer uma fonte mágica

      MATERIAL
  • Água.
  • Três garrafas de plástico (PET) ou três garrafões de 5 litros de água (PET).
  • Mangueira comprida.
  • Conta-gotas em vidro.
  • Cola quente e pistola para aplicar a cola.
  • Ferro de soldar ou outro ferro quente para furar o plástico.


Nota:
    Todos os furos têm de ser muito bem vedados com a cola quente.
 Quanto mais fina for a mangueira usada, mais tempo a fonte estará a funcionar.
    Não te queimes a furar o plástico. Cuidado com o ferro quente.


PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

Antes de começares, observa a figura.

Cortar a primeira garrafa ou garrafão (A), para fazer a tua fonte. Ficará com uma forma parecida a um cone.
Furar as três tampas plásticas, com dois furos em cada uma, com o diâmetro da mangueira.
Colocar cada um dos garrafões e a parte de cima da fonte nas suas posições, para depois poder medir a mangueira.
Medir os pedaços de mangueira para depois os poder cortar.
Encaixar cada um dos pedaços de madeira nos orifícios respetivos e vedar bem com cola quente.
Encaixar o tubo de vidro do conta-gotas na parte de cima da fonte.
Verificar que o sistema está bem vedado, tapando a saída da fonte e soprando pelo conta-gotas. Verificar se existe pressão dentro do sistema.
Encher o recipiente que se encontra a meia altura (B) com água. Se quiseres podes adicionar corante, para que a tua fonte fique mais bonita. O recipiente C fica inicialmente vazio.
Fecha bem todas as tampas.
Coloca água dentro da tua fonte (A) e... já está !!!

Se tiveres dúvidas na construção vê o vídeo aqui: https://youtu.be/n7fM9gnOrlk
  EXPLICAÇAO
O recipiente que se encontra em baixo (C) está cheio de ar e o do meio (B) cheio de água. À medida que a água corre para o recipiente de baixo, ela obriga a que o ar que está lá em baixo vá passando para a garrafa de cima (B). Como o ar está a ser pressionado, a pressão do ar vai aumentando e é suficiente para empurrar a água corada para a tua fonte, que vai funcionando até que acabe toda a água do recipiente do meio.


Parece magia, não é?

terça-feira, 5 de maio de 2020

O Alentejo também comemora 
o Dia Mundial da Língua Portuguesa
DRCAlentejo celebra Dia Mundial da Língua Portuguesa na Rádio Sines

Este projeto foi-nos partilhado por Paula Cusati, mediadora de leitura e participante no mesmo.

Fica aqui o convite para aceder em



Acompanhe as notícias em:









Não perca, 
HOJE, dia 5 de maio, a partir da 12h


o evento comemorativo do Dia Mundial da Língua Portuguesa, organizado pelo Camões IP, 
a @Unesco e a ONU News.

segunda-feira, 4 de maio de 2020


Neste DIA MUNDIAL DA LÍNGUA PORTUGUESA
sorria e mantenha o bom humor 
com a Rádio Comercial
com os D.A.M.A. e Vasco Palmeirim cantando