Número total de visualizações de página

quinta-feira, 9 de junho de 2011

10 DE JUNHO


Amanhã, dia 10 de Junho, comemorar-se-á o dia de Portugal e das Comunidades. Esta data assinala a morte de Camões em 1580 e foi escolhida para homenagear o grande autor do poema épico Os Lusíadas. A origem desta escolha remonta ao século XIX quando os grupos republicanos celebravam grandes nomes da cultura como forma de reforçar a consciência nacional. Com o tempo, o nome de Camões acabaria por ficar definitivamente ligado às comemorações do dia de Portugal, embora estas celebrações tenham tido objectivos e designações diferentes consoante os tempos e os regimes políticos. No Estado Novo, por exemplo, designava-se Dia da Raça e servia os propósitos de propaganda de uma ditadura. Agora, em democracia, deverá servir como factor de reforço da cidadania crítica e exigente.



Bom feriado!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Um poema dedicado à Criança!

Dia da Criança




No dia 1 de Junho comemora-se o dia da criança. Estas celebrações servem para reflectir sobre essa preciosidade imensa que são as crianças porque representam a renovação da esperança no futuro.

                Questões tão sérias como a educação, a protecção de menores, o bem-estar e a transmissão de valores que garantam uma vida digna e o desenvolvimento afectivo, cognitivo e ético devem fazer parte das preocupações com as crianças e jovens porque são pessoas portadoras de dignidade própria. Mas nem sempre foi assim: até tempos históricos recentes (e ainda no presente) às crianças não eram reconhecidas as características de um sujeito com dignidade própria e, porque especial, a proteger. Deste modo, em vez de se sentarem nos bancos da escola ou de poderem brincar e crescer saudavelmente, trabalhavam em fábricas e minas ou, pior, eram (ou são) usadas em guerras que lhes tiram a vida, as mutilam, as impedem de construir o futuro a que tinham direito.

                Continuemos, portanto, a batermo-nos pelo futuro das crianças com empenho e exigência para nós e para elas.